campanha é de lei 19/09/2017

Vettel aposta em corrida com emoção e enaltece esforço da Ferrari

Sebastian Vettel vive um dia para se esquecer neste sábado. Depois de estar entre os melhores nos treinos livres, o alemão viu sua Ferrari fundir o motor no terceiro e último teste, e a necessidade de trocá-lo para a classificação. Por problema ainda desconhecido, o piloto não teve potência quando saiu dos boxes e sequer completou uma volta no Q1. Desta forma, largará em último, acabando com todas as expectativas por uma pole na Malásia.

 

“Obviamente perdi potência logo após o setor 1, depois voltei aos boxes. Nós estávamos planejando [voltar para a pista], mas obviamente temos telemetria ao vivo no carro, e assim que o motor foi ligado, víamos todas as pressões e temperaturas. Havia algo que não podíamos consertar, então não fazia sentido voltar”, disse o vice-líder.

Problema no motor tirou Vettel do treino classificatório (Foto: Mohd Rasfan/AFP)

Diante do panorama inesperado para este domingo, quando acontece o GP da Malásia, às 4h (de Brasília), no circuito de Sepang, em Kuala Lampur, Vettel prevê emoção: “Amanhã [domingo] deverá ser um pouco mais emocionante. É uma pena, porque o carro é rápido e acho que hoje poderíamos ter uma pole ou pelo menos ter lutado por ela. A posição inicial não ajuda, mas você nunca sabe o que pode acontecer. Então, eu estou bastante aberto. Tenho foco na corrida”, assegurou.

De fato, a ausência do alemão no Q1 não foi por falta de tentativa dos mecânicos da Ferrari, que fizeram a troca do motor em um curto espaço de tempo, e ainda tentaram de tudo para corrigir o problema e dar a Vettel a chance de competir.

“Precisamos ver agora qual era o problema, mas conseguimos fazer a mudança de motor completa com sucesso neste tempo entre os treinos. Achamos que ficaria tarde, mas nós conseguimos. Os caras fizeram um milagre hoje [sábado]. Eles já trabalharam como loucos. Eles repararam o carro muito rapidamente. É uma pena que eu não tenham conseguido”, finalizou.

Categorias:NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé