PI 35152 - VOTO CONSCIENTE ALMT - INVENT

AL e governo anunciam títulos para sete mil imóveis do Pedra 90

Reunião esclareceu sobre os trâmites legais aos moradores do bairro. Área rural do Cinturão Verde também será contemplada

Mais sete mil famílias que residem nas 1ª e 2ª etapas do bairro Pedra 90 receberão o título definitivo de seus imóveis. O anúncio foi feito na noite desta quarta-feira (25.10), pelo governador Pedro Taques (PSDB), numa ação que conta também com o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB) e do presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso – Intermat, Cândido Teles.

A reunião, realizada na Escola Estadual Rafael Rueda, do Pedra 90, foi o pontapé inicial para instruir os moradores sobre os trâmites legais necessários à obtenção do documento. Nem a forte chuva, que caiu minutos antes, impediu aos moradores de comparecerem. Há 16 anos no comando da 1ª etapa, Marcos Baiano, conhece bem as necessidades do bairro. Disse que o lançamento desse mutirão reascende as esperanças dos 100 mil moradores.

“É uma ação muito importante que a gente vem lutando por muitos anos. A nossa comunidade vai ter a dignidade de ter um título de propriedade com reconhecimento em cartório. Se um dia ele precisar de algum recurso poderá fazer empréstimo em banco, isso é dar dignidade e segurança ao povo”, destacou Baiano, ao acrescentar que o bairro precisa também de lotérica e agência bancária.

“Muitos moradores não têm nenhum documento dos seus imóveis. Então, essa ação vai nos dar a garantia da legalização do nosso bairro. Sem dúvida nenhuma é a realização de um sonho porque nosso bairro cresceu e a regularização fundiária valoriza ainda mais os imóveis”, disse Davilson Barbalho, presidente da 2ª Etapa.

Para Botelho, a concentração de esforços resultará na consolidação de 95 mil títulos de propriedades em 2018, sendo sete mil no Pedra 90. “É um bairro que existe há 25 anos e a regularização fundiária é o grande sonho dos moradores, inclusive, do Cinturão Verde. Agora, com essa parceria, vamos propiciar esse trabalho que vai dar a escritura dos imóveis e dos terrenos. Estamos felizes em poder participar desse momento histórico para essas pessoas”, afirmou Botelho.

O governador ressaltou o trabalho feito em parceria com a ALMT. “Graças à parceria com a Assembleia Legislativa e deputado Botelho estamos neste evento lançando o programa do Intermat no Cinturão Verde para a regularização fundiária”, afirmou, ao anunciar também a construção de uma escola modelo Tiradentes e Ganha Tempo.

O morador Alexsandro Doroteo de Souza aguarda pelo documento desde 1994. “Hoje é um dia especial porque recebemos a garantia da regularização das nossas casas”. A família do deputado mirim, Alefe da Luz Oliveira (8ª Legislatura), também está otimista. “Esperamos por esse documento há sete anos”, disse Alefe.

Zona Rural – As 15 comunidades que compõem a Associação de Pequenos Produtores Organizados de Leonor – ASPPROL também aguardam ansiosas pelo título da terra. “Agradecemos o deputado Botelho que tem pensando em todas as áreas sociais. Acreditamos que nessa parceria com o governo teremos uma resposta benéfica para a regularização da nossa terra”, informou o presidente da ASPPROL, Francisco Ferreira Machado.

“É uma ansiedade muito grande dos moradores que há mais de 25 anos esperam por esses títulos. Demos o pontapé inicial para a regularização fundiária de todos os imóveis urbanos e também às 650 famílias do Cinturão Verde que, num espaço curto de tempo, vão receber os títulos de propriedade. Hoje traçamos a metodologia e depois vamos quantificar o número de pessoas necessárias para agilizar esses documentos”, finalizou o presidente do Intermat, Cândido Teles, ao ressaltar que duas equipes ficarão à disposição dos moradores.

Categorias:MAIS NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé