PI 4853 - MT em Ação Agosto

Campeonato “Bola Cheia” estreia com incentivo ao esporte amador nos bairros

O jogo de estreia da primeira fase do Campeonato de Futebol Amador Sub – 16 e 18 “Bola Cheia”, da Prefeitura de Cuiabá, reuniu moradores, autoridades desportivas e entidades representativas, na noite desta segunda-feira (30).

Dez equipes representando bairros da capital foram apresentadas no miniestádio do CPA I, região norte. A primeira partida ficou entre o anfitrião CPA I e o Pascoal Ramos, que levou a melhor no placar apertado de 3×2.

Atendendo a reivindicação das comunidades, o prefeito Emanuel Pinheiro estabeleceu em seu Plano de Governo o programa com o objetivo de resgatar e fortalecer as Ligas e Departamentos Esportivos, promover a integração, o intercâmbio e a confraternização dos esportistas amadores e ainda motivar a criação de novas equipes de futebol amador dentro das comunidades,  oportunizando o surgimento de novos valores para o fortalecimento do nosso futebol.

“O Campeonato está trazendo uma categoria que não tinha aqui ainda em Cuiabá, de 16 á 18 anos, a Prefeitura de Cuiabá investe no esporte amador e novos talentos, novas promessas iremos revelar. Além disso, tem um trabalho social em que estamos trazendo esses jovens para a prática de esporte coletivo, o espirito competitivo, também a uma vida saudável. É toda essa política pública que estamos fomentando. Esse é apenas o primeiro e tenho certeza que já é um sucesso”, disse o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro.

O futebol é entre os esportes coletivos o mais praticado em todo mundo. “Este é mais um desafio para estarmos participando do primeiro evento amador realizado entre a Prefeitura e a Federação. Já participamos de outros campeonatos promovidos pela Federação. Então essa é mais uma motivação para estarmos aqui participando de um evento que poderemos revelar garotos para o campeonato mato-grossense”, explicou o presidente da equipe CPA I, José Cintra.

“O programa é uma das formas que podemos aproximar ações da Secretaria com a sociedade, principalmente para aqueles com menos oportunidades. Além da inclusão social e do incentivo ao jovem, também temos a descoberta de novos talentos, por meio dos clubes que estão acompanhando os jogos para poder identificar atletas com maiores probabilidade no futuro”, explica o secretário municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo.

Categorias:MAIS NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé