campanha é de lei 19/09/2017

ALMT e Sicredi firmam convênio para atender servidores

Parceria proporcionará linhas de crédito e consultoria sobre equilíbrio financeiro

A partir da próxima semana, os servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso passarão a contar com mais uma opção de linhas de crédito consignado. A iniciativa está garantida no convênio firmado, nesta quinta-feira (30.11), na Presidência da ALMT, com o Sicredi Ouro Verde, cooperativa que dispõe de nove agências em Cuiabá, numa ação da Mesa Diretora e apoio do Sindicato dos Servidores – Sindal.

O convênio prevê, além de empréstimos consignado e pessoal, com taxas de juros a partir de 1,60% ao mês, cursos de capacitação financeira para ajudar esses servidores a retomar o equilíbrio financeiro. “Formulamos uma política financeira para que os nossos servidores possam escolher a instituição financeira que mais lhe convier e que tenha a melhor taxa de juros. Também queremos que tenham acesso a cursos que ajudem a retomar o equilíbrio financeiro”, destacou o presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (PSB), ao acrescentar o convênio também com o Banco Bradesco e Banco do Brasil.

A gerente Regional de Desenvolvimento Sicredi Ouro Verde, Cheila Girardello explicou como vai funcionar. “Para servidores efetivos parcelas em até 96 vezes, cargos comissionados de acordo com o prazo do mandato do parlamentar. A cooperativa oferece, ainda, orientação financeira e tem grande responsabilidade social, com o compromisso de distribuir a rentabilidade à comunidade”, destacou.

As equipes técnicas da AL e da cooperativa reforçaram que todas as medidas foram tomadas para dar lisura e transparência. O secretário de Finanças da ALMT, Ricardo Adriane ressaltou a importância da consultoria financeira e a distribuição da rentabilidade.

“É importante dar assistência aos servidores de como gerir, gastar e investir os seus consignados. Temos uma grande parcela de servidores que recorrem a esse método para adquirir bens e imóveis. Também colocamos, a pedido do presidente Botelho, que 1% de toda operação seja destinado a cursos profissionalizantes, aperfeiçoamento do servidor e futuramente à construção da sede própria do servidor”.

Também participaram do ato de assinatura a deputada Janaína Riva (PMDB), o secretário de Gestão de Pessoas, Elias Santos, o presidente do Sindal, José Antônio Peixoto, o Zezão, e o gerente de Agência, Roque Edu Silva.

Categorias:NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé