BANNER (AMARELO) QUEM CONHECE, RECONHECE  - 03/2019

São Paulo é derrotado nos pênaltis e dá adeus à Copa Sul-Americana

Agnes Rigas

Na noite de quinta feira (16), o São Paulo foi até a Argentina para o confronto de volta com o Colón pela Copa Sul-Americana. Tendo perdido a primeira partida do confronto por um a zero, o Tricolor precisava correr atrás do prejuízo e conseguir a vitória fora de casa. Mesmo vencendo o jogo de volta, o São Paulo foi derrota nos pênaltis com cinco a quatro a favor do Colón.

Na primeira parcial, o São Paulo jogou exatamente como proposto pelo técnico Aguirre. O time sempre procurou explorar os lados, fazendo com que a linha de marcação do Colón ficasse desorganizada por não conseguir acompanhar a saída em velocidade. Mas mesmo com os seus jogadores chegando constantemente ao ataque, o Tricolor não conseguia bitar a bola dentro do gol. Tendo duas bolas na trave e 64% da posse de bola, o São Paulo não encontrou o caminho de abrir o marcador no primeiro tempo.

O Colón adotou a estrategia de esperar pelo erro do adversário e jogar em cima dele. Já que o time tinha a vantagem, não estava desesperado para atacar, preferiu jogar esperando já que tinha atacantes de ofício para executar jogadas de velocidade quando era preciso. Tendo quatro finalizações no primeiro tempo, o time argentino pode assustar o gol do Jean uma vez com um chute de fora da área que passou raspando na trave pegando a defesa do São Paulo em um momento de distração. Mantendo a vantagem o time argentino continua jogando pelo empate.

No segundo tempo, o ritmo do jogo foi intenso do início ao fim. O São Paulo entrou decidido de que precisava abrir o marcador para manter a esperança em uma classificação e não parava de sufocar o adversário no campo de ataque.

O Colón teve oportunidades de matar o jogo mas não contava com uma defesa sensacional do goleiro Jean. O Escobar mandou um forte chute com o pé esquerdo mas o goleiro do Tricolor estava muito bem colocado para salvar seu time. Essa jogada foi originada graças a uma jogada mal armazenada pela meio de campo Bruno Peres que perdeu a bola no meio de campo, e deu a oportunidade de atacante do time argentino vir carregando a bola até a área de defesa do São Paulo.

Mas aos 72 minutos de partida, após um escanteio o Liziero mandou uma bola uma bomba de fora da área e entrou no canto inferior esquerdo do gol defendido pelo goleiro Correa, fazendo com que a partida fosse definida nos pênaltis.

Ainda antes do final da partida, o autor do gol Liziero, teve um lesão e foi atendido pelo departamento médio do clube, que prestaram seus atendimentos mas o atleta só voltou a campo para compor o número de jogadores dentro de campo.

Em uma disputa de pênaltis decida nos detalhes, onde as duas equipes mantiveram até o final um aproveitamento altíssimo, o goleiro Correa defendeu a cobrança batida por Bruno Alves e elimina o São Paulo da Copa Sul-Americana 2018.

Mesmo tendo a posso de bola, e dominando o adversário nas jogadas executadas durante o jogo, o Colón soube prender o resultado e conseguiu ir para disputa das penalidades onde pode, com um grande aproveitamento derrotar um gigante do futebol brasileiro.

COLÓN: CORREA; HEREDIA; FRITLER; RUIZ; ESTIGARRIBIA; TOLEDO; OLIVERA; GODOY; ORTIZ; ESCOBAR; BURIAN
SÃO PAULO: JEAN; ARARUNA; BRUNO ALVES; ANDERSON MARTINS; REINALDO; HUDSON; LIZIERO; NENÊ; ROJAS; GONZALO; FERNANDES
PLACAR: 0-1, MIN 72, LIZIERO
ÁRBITRO: MÁRIO DÍAZ DE VIVAR (PAR), COM OS ASSISTENTES EDUARDO CARDOZO (PAR) E CARLOS CÁCERES (PAR)
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELO JOGO DE VOLTA ENTRE SÃO PAULO E COLÓN NA COPA SUL-AMERICANA. NO ESTÁDIO GENERAL ESTANISLAO LÓPEZ NA ARGENTINA
Categorias:NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé