PI 69306 - CAMPANHA: TODA VIDA IMPORTA AL/MT

Vitória deixa Cuiabá cada vez mais próximo da Série B

Com gols de Alê e Edson Borges, o Cuiabá fez o dever de casa e venceu o Atlético por 2 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Série C do Campeonato Brasileiro em jogo realizado na noite desta segunda-feira na Arena Pantanal. Está a 90 minutos de conquistar o acesso à Série B de 2019. Na próxima segunda-feira, dia 28, enfrenta o mesmo adversário na Arena Floresta, na cidade do Rio Branco, no Acre, com a vantagem do empate ou até com derrota por um gol de diferença que garante o acesso.

Sob uma temperatura de 23 graus, o Cuiabá teve mais volume de jogo na etapa inicial e poderia até ter construído o placar mais elástico, não fosse a falta de pontaria dos atacantes. Com menos de 15 minutos de jogo o atual campeão mato-grossense domina os acreanos e teve pelo menos três reais chances de abrir o placar. Primeiro com Bruno Sávio, livre de marcação, cabeceou para fora.

Depois com Marino que arriscou chute de longa distância, para fora e por último com Alexandre Egea, que responde pelo apelido de Alê, autor do gol aos 37 do primeiro tempo. Antes, havia desperdiçado uma oportunidade de abrir o placar aos 14. Só dava o Cuiabá e o goleiro Victor Souza na etapa inicial foi mero espectador da partida. O Dourado dominava o time visitante mas não transformava em gols as chances criadas.

Aos 27, foi a vez do meia Marino, que se desesperou ao receber passe livre de marcação no bico da pequena área e demorou para finalizar e acabou chutando prensado com o zagueiro. Foi a melhor chance de gol do Dourado. O Cuiabá tina mais posse da bola e dominava o Atlético. O gol que abriu o marcador foi aos 37, depois de um bate rebate dentro da área o Alê foi mais esperto e mandou para o fundo da rede, Cuiabá 1 a 0, os mais de 20 mil torcedores soltaram o grito na Arena.

Ainda criou outras duas oportunidades de gols e não teve sucesso. Na etapa final o Cuiabá voltou acomodado com o placar de 1 a 0 e permitia que o atlético chegasse com perigo. Foram várias chances de empatar, mas a exemplo do Dourado, cometia os erros de finalizações e também o setor defensivo da equipe do técnico Itamar Schulle estava bem postada e segurava o ataque do clube visitante.

E mesmo inferior dentro de campo o Dourado foi feliz e marcou o segundo gol. Aos 17min, primeiro escanteio a favor do Cuiabá, pelo setor direito do campo. Ronaell cobrou e a zaga mandou para fora, novo escanteio. Desta vez o lateral rolou para Marcelo Xavier que cruzou na cabeça de Edson Borges, que fez pose para mandar para o fundo da rede, 2 a 0 Cuiabá.

Mesmo os 22 graus da etapa final não calou os mais de 24 mil torcedores presentes, com 19.421 pagantes, que proporcionaram uma renda de R$ 263.685,00. O jovem comerciante do São João Del Rey, Wellinton Moraes, de 29 anos, gostou da vitória do Cuiabá, mas comentou que o placar deveria ser de pelo menos 4 a 0. “Eles (jogadores do Cuiabá) erraram muito nas finalizações, faltou mais tranquilidade para concluir as jogadas., mas está ótimo os 2dopis a zero”, disse.

Cuiabá jogou com Victor Souza; Jean, Ednei, Edson Borges e Ronaell (Marcelo Xavier); Escobar, Alê, Marino e Eduardo Ramos (Geovani); João Carlos (Jenison) e Bruno Sávio. Técnico Itamar Schulle

Atlético atuou com Ruan; Matheus, João Marcos (Jeferson), Diego e Leandro; Alfredo, Taua, Kassio Douglas) e Rafael; Eduardo e Neto. Técnico Álvaro José

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé