PI 69336 - SITE O ESPORTIVO - PREF. DE CUIABÁ - CAMPANHA CONTRA O AEDES AEGYPTI

AUTOCROSS – Reck destaca importância do evento

Nos próximos dias 24 e 25/11 (sábado e domingo), Cuiabá recebe a última e decisiva etapa do Campeonato Brasileiro de Autocross. As baterias serão disputadas no Autódromo Bom Futuro, que espera cerca de 80 pilotos nas categorias autocarros e Marcas e Pilotos (Turismo) e 3 mil espectadores. Na mesma programação estão incluídas as provas da ‘Endurance Cup’ com os 300 Km de Cuiabá e a 7ª Etapa do Mato-grossense de Velocidade na Terra, que compreende os tubulares do autocross, chamados de ‘Gaiolas’.

Presidente da Federação de Automobilismo de Mato Grosso (Faemt), o piloto Vanderley Reck fala com empolgação sobre os preparativos do evento que encerra o calendário da temporada oficial das modalidades. Para ele, o evento do próximo fim de semana consolida Mato Grosso no cenário nacional do automobilismo.

“Desde 1988 Mato Grosso realiza suas competições de Velocidade na Terra com sucesso, reunindo grandes públicos e revelando pilotos que inclusive já conquistaram títulos nacionais. São raros os estados que conseguem manter essa tradição. No Autódromo Bom Futuro, como antes, em outras pistas, como Várzea Grande, Tangará da Serra, Guiratinga, Nobres, Campo Novo, ente outras, já foram realizados grandes eventos, agora teremos a grande final, sem dúvidas um evento que vai entrar para a história do automobilismo nacional”, disse Reck, que, como a maioria dos pilotos deve desembarcar na Capital na próxima quarta-feira.

Reck ainda destacou a estrutura do Autódromo Bom Futuro, dotado há anos de boxes cobertos, restaurante, padock, e que agora fará a inauguração de arquibancadas cobertas para o público espectador.

“O Autocross sempre atraiu muita gente em todas as provas em Mato Grosso. Nesse final de semana vamos inaugurar as arquibancadas cobertas que vão oferecer maior conforto ao público, que não paga nada para assistir a todas essas corridas. Sem dúvidas poderemos ter um público recorde”, comentou o presidente.

Autódromo Oficial

Sobre o sonho do Autódromo Internacional de Cuiabá, que já dura pelo menos 20 anos, Reck foi realista e disse entender que os investidores da iniciativa privada aguardam uma melhora na situação política e econômica do País para voltar a empreender.

“Não podemos dar o passo maior que a perna. Não é o momento. Rondonópolis iniciou um grande projeto há alguns anos, mas ele foi abortado; Cuiabá tentou um movimento, mas a crise engessou esse sonho, por enquanto, mas não vamos desistir”, disse Reck, referindo-se a alguns projetos já conhecidos. O primeiro, de Rondonópolis, trata de um circuito, cujo projeto está pronto há anos e foi encomendado pelo então govenador Blairo Maggi. Problemas políticos fizeram o cronograma das obras parar na terraplanagem. Em Várzea Grande, os empresários Carlos Trevisan, Juarez Ductievicz e Sebastião dos Reis Gonçalves, chegaram a ensaiar projetos distintos; o de Ductievicz, inclusive, teve até a execução de uma maquete, exposta na Região do Chapéu do Sol.

Serviço

O Autódromo Bom Futuro fica na Avenida Florais, no Bairro Ribeirão do Lipa.  As provas do fim de semana são uma realização da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), federação de Automobilismo de Mato Grosso (Faemt) e Brvt, com o apoio do Autódromo Bom Futuro, e, patrocínio de UPL, Bom Futuro, Kleperweber, Áster Máquinas, Rentalize, Simarelli, Petronas, Domani, Grupo Saga, Autosueco, Torino Iveco, Scania Rota Oeste e Cerveja Louvada.

Categorias:NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé