BANNER (AZUL) QUEM CONHECE, RECONHECE  - 03/2019

Botelho prestigia posse no TJ e reafirma parceria entre Poderes

Trabalho em parceria resultou em melhorias dos serviços oferecidos ao cidadão com a construção de fóruns e instalação de novas comarcas

Manter a harmonia entre os Poderes na busca de ações que ajudem Mato Grosso voltar nos trilhos do desenvolvimento. A defesa foi feita pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), durante a cerimônia de posse do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, na tarde desta quarta-feira (19.12), no Plenário do TJMT. Também foram empossados os desembargadores Maria Helena Garglione Póvoas (vice-presidente) e Luiz Ferreira da Silva (corregedor-geral da Justiça).

O presidente Botelho também chamou a atenção para a antecipação do retorno dos trabalhos da ALMT, em Plenário, no próximo dia 09 de janeiro, quando entrará em discussão a peça orçamentária de Mato Grosso. Ele reconheceu o trabalho do desembargador Rui Ramos que encerra o mandato à frente da corte no próximo dia 31.

“É importante que os poderes estejam juntos. O desembargador Rui Ramos fez uma brilhante gestão e, agora, vamos continuar a parceria com o presidente Carlos Alberto. Inclusive, já marquei para o dia 9 de janeiro o início das discussões do orçamento, o Tribunal de Justiça por exemplo fica sem orçamento e precisamos votar em janeiro. Então, antecipei a volta que era dia 14, para o dia 9. Assim, vamos dar início às discussões sobre os recursos e saúde para chegarmos num denominador comum. É uma satisfação estar aqui nessa cerimônia”, afirmou Botelho.

Destacou que a Casa de Leis foi parceira do TJ ao garantir a instalação de novas comarcas, construção do Fórum de Várzea Grande e Barra do Bugres, ação pensada no bem-estar da população. Também demonstrou preocupação com os próximos meses diante da crise-financeira que assola Mato Grosso.

“Nos próximos dois anos vamos ter dias difíceis, o estado está com déficit de quase R$ 100 milhões por mês, mas com a possiblidade de melhoras. Acredito que em um ano e meio as contas estarão equilibradas, e tudo deverá melhorar para toda a população”, mensurou o parlamentar.

De acordo com o desembargador Rui Ramos, o trabalho foi realizado para abranger, da melhor forma possível, tanto as questões referentes a recursos materiais necessários, quanto as comarcas; equipamentos eletrônicos e recursos humanos, com 400 novos servidores que reforçaram a força de trabalho. “Quero crer que demos um bom passo. Hoje temos fóruns sendo inaugurados, ampliados, a exemplo de Itiquira, Guarantã do Norte, Tangará da Serra, Porto dos Gaúchos e outros em andamento, como Água Boa, Primavera do Leste e Lucas do Rio Verde. É o Judiciário dando condições de trabalho para nossos servidores, e todos os que precisam dos nossos serviços”, garantiu o desembargador.

Também presente no evento, o governador eleito Mauro Mendes desejou a continuidade de melhorias na prestação de serviços e uma relação harmônica entre os Poderes. “Nesse momento difícil que Mato Grosso passa não podemos gastar energia com desentendimentos internos, vamos nos respeitar, vamos somar esforços e energias para que cada um possa cumprir o seu papel e ajudar Mato Grosso a superar o momento tão difícil”, pediu.
O novo presidente, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha garantiu continuidade das ações.

“Procuraremos seguir todas as administrações anteriores e dar seguimento aos projetos em andamento e tentar criar outros novos que venham facilitar, primeiramente e primordialmente, o primeiro grau onde tudo acontece, todos esperam celeridade nesse setor. Se fortalecer o servidor, o magistrado, der condições para os advogados trabalharem melhorando o processo eletrônico, acho que chegaremos a todas as metas”, disse.

O presidente da 4ª subseção OAB – Diamantino, advogado Pérsio Oliveira Landim, frisou que as expectativas são as melhores possíveis à nova gestão. “O presidente vencedor, como um dos desembargadores mais céleres e dedicados, com certeza, vai levar essa experiência à Presidência do Tribunal de Justiça, a paixão pela magistratura, melhorando a qualidade do serviço judiciário para os magistrados, bem como aos advogados e à população”, concluiu.

Categorias:NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé