Quem conhece, reconhece. 1

ESTADUAL 2019 – Dom Bosco pega CEOV na Arena e Cuiabá joga em Sinop

Dois jogos na noite desta quarta-feira abrem a 3ª rodada do Campeonato Mato-grossense. Na Arena Pantanal, às 20h30, o Dom Bosco recebe o Clube Esportivo Operário Várzea-grandense (CEOV) enquanto às 20h no Gigante do Norte, em Sinop, o time da casa recepciona o líder e invicto Cuiabá. O técnico do Azulão da Colina Iluminada, Hugo Alcântara, inconformado com a derrota de sua equipe para o Mixto no domingo, promete um time mais veloz e determinado a buscar a reabilitação.

“Tropeçamos em nossas próprias pernas e isso não pode mais se repetir. Não adianta lamentar o que aconteceu no jogo passado e sim voltar todas as nossas atenções para o confronto desta quarta diante do Operário e jogar em busca dos três pontos”, anunciou o treinador. O meia Jackson, um dos líderes do time em campo, entende que o jogo de amanhã (hoje) será bem diferente. “Temos que mudar nossa postura em campo e jogar pra vencer e vencer”, anunciou.

No tricolor de Várzea Grande o técnico Ariel Mamede está confiante em buscar mais um resultado positivo. Ele confirmou que o time começa a ganhar conjunto e que contra o time da Capital espera sacramentar a boa fase, já que venceu o homônimo Operário de virada por 2 a 1 no último sábado. “Sabemos das qualidades do adversário, mas o grupo está confiante e determinado a fazer o dever de casa e vencer”, falou. O trio de arbitragem é composto por Alinor Silva da Paixão no apito tendo como auxiliares Gislan Antonio Garcia e Fábio Rodrigo Rubinho.

Gigante do Norte – Sem engolir a goleada de 3 a 0 para o Luverdense na rodada passada, o técnico do Sinop, Gianni Freitas, criticou a arbitragem no Passo das Emas. Para ele, a atuação dos juízes influenciou no resultado do jogo. “É ruim. Você fazer um jogo de igual para igual com uma equipe forte, como o Luverdense, e o árbitro influenciar diretamente no resultado”, esbravejou o treinador.

Para o confronto contra o líder Cuiabá Gianni Freitas dispensa todo favoritismo ao time da Capital, mas ressalta que jogando em casa tem que procurar fazer o dever de casa. “É um jogo difícil mas não impossível de superar. Apesar do pouco tempo que tivemos, o time está preparado para reagir no Estadual e buscar os três primeiros pontos em casa”, disse.

No Cuiabá o técnico Itamar Schulle confirmou que vai repetir o mesmo time que jogou domingo no Gigante do Norte quando superou o Juara por 2 a 1. “O time foi muito bem e não tenho motivo para promover mudanças, a não ser que surja algum imprevisto de última hora”, frisou. Quem apita o jogo é Rodrigo Fonseca Silva e seus assistentes serão Marcelo Grando e Joadir Leite Pimenta.

 

Categorias:NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé