PI 69336 - SITE O ESPORTIVO - PREF. DE CUIABÁ - CAMPANHA CONTRA O AEDES AEGYPTI

EJA quer a participação efetiva dos alunos na construção coletiva do conhecimento

Os 300 anos de Cuiabá, sua história, cultura e avanços é o tema central do processo de ensino aprendizado na modalidade

Nos 300 anos da capital, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) terá como tema “Os educandos da Educação de Jovens e Adultos como agentes (trans) formadores nos 300 anos da História de Cuiabá”. O tema foi escolhido para o triênio 2017-2019 e está focado nos interesses e na realidade dos alunos atendidos na modalidade de ensino, com o objetivo de inserir esses estudantes nas questões contemporâneas que envolvem a cidade.

O Planejamento Pedagógico para o ano letivo de 2019 foi apresentado durante a Semana Pedagógica, evento realizado entre os dias 23 de janeiro e 8 de fevereiro, e que reuniu todos os profissionais da Educação da rede pública municipal.

Também foram apresentadas as propostas de implantação da Política Educacional da Escola Cuiabana para a modalidade de ensino, que será discutida entre os profissionais, finalizada em outubro e implantada em 2020 e da organização curricular.  Desse momento de reflexão e estudos surgiu um documento, já encaminhado para as equipes gestoras das unidades educacionais com orientações.

“Nossa meta é elevar os níveis de escolarização da população e reduzir o analfabetismo na população de 15 a 39 anos de idade, cumprindo as metas estabelecidas no Plano Municipal de Educação, e as determinações da gestão Emanuel Pinheiro, para avançarmos também no atendimento a essa parcela da população”, ressaltou Marilene Souza Carvalho, líder da Equipe de EJA.

Pedagógico

Cultura, Empreendedorismo, Meio Ambiente e Tecnologia são alguns dos subtemas que serão abordados em sala de aula. No 1º bimestre, o subtema será, De 1719 a 2019 – 300 anos de Cuiabá: Pessoas, Memórias, História e Lugares; no 2º bimestre, a Economia Solidária e Prática de Empreendedorismo na transformação social dos estudantes da EJA; no 3º bimestre, os impactos ambientais nos 300 anos de história de Cuiabá e no 4º bimestre, os Desafios para os próximos tempos: inovação tecnológica e qualidade de vida.

“Assim como nas demais modalidades de ensino, também na Educação de Jovens é fundamental o acolhimento e a participação dos estudantes, que devem ser compreendidos como sujeitos de direito, em processo de aprendizagem. A nossa meta é a formação integral de nossos estudantes, preparando todos eles para a participação ativa e efetiva no desenvolvimento da sua comunidade e da nossa cidade”, pontuou o secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos.

EJA

Desenvolvida pelo Governo Federal, a Educação de Jovens e Adultos é uma modalidade de ensino destinada aos jovens, adultos e idosos que não tiveram a oportunidade de cursar o ensino fundamental ou médio na escola regular na idade apropriada.

A modalidade possibilita que o aluno retome aos estudos e conclua em um tempo menor, qualificando-o para melhores oportunidades no mercado de trabalho.

A EJA tem como princípio o direito de aprender ao longo da vida e não apenas escolarizar, sendo que o ponto de partida é o permanente acolhimento dos estudantes em sua totalidade.

Matrícula

Se você tem 15 anos ou mais e deseja retornar aos estudos, procure uma unidade escolar municipal mais próxima que atenda na modalidade e faça a sua matrícula, que poderá ser realizada em qualquer momento do ano letivo. A rede pública municipal de Educação oferece a Educação de Jovens e Adultos em 13 unidades sendo oito delas urbanas e cinco do campo. Nessas unidades foram atendidas em 2018, 1250 alunos.

(Estagiária Emilly Rodrigues com supervisão da jornalista Maria Barbant)

Categorias:MAIS NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé