2ª Edição do “Na Estrada – Transamazônica” leva inovação em saúde animal para a pecuária da região Norte do Brasil

Levar informação e conhecimento em saúde animal com capacitações técnicas às revendas, balconistas, produtores e profissionais que atuam em pecuária. Essa foi a missão da equipe da Biogénesis Bagó na 2ª edição do projeto “Na Estrada – Transamazônica”. Durante dez dias foram percorridos 2 mil quilômetros e cinco revendas visitadas no estado do Pará. As Fiorinos, customizadas e equipadas com toda a linha de produtos da Biogénesis Bagó, partiram de Marabá e seguiram para Santarém, passando ainda pelas cidades de Placas, Uruará, Pacajá e Anapú.

Para Volmir de Conto, da Agropecuária Alto Pará, localizada no município de Placas (PA), iniciativas como essa são fundamentais, pois fazem chegar a informação e conhecimento, além de levar a indústria à realidade da atividade pecuária local. “Pudemos sanar muitas dúvidas com relação à vacinação, por exemplo. Aprendi coisas que eu não sabia e isso é fundamental para darmos orientações corretas também. É muito bom o laboratório ir a campo e vir conhecer nossa realidade. Essa ação tem que ocorrer mais vezes”, enfatiza.

“Um projeto diferenciado” é a definição dada por Álvaro Giovani Neri, da Casa do Boi Distribuidora, revenda localizada em Anapu, ao “Na Estrada”. “É a segunda vez que o projeto vem para cá e é sempre muito bom receber essa visita que traz as novidades para nossa região”, afirma.

“A passagem do projeto ‘Na Estrada’ em nossa cidade foi muito boa e vem agregar ainda mais o trabalho que fazemos junto a Biogenesis Bagó. Vemos que a empresa está sempre buscando inovar, trazendo novos produtos e serviços. Daqui para frente vamos colher os resultados, principalmente com a linha hormonal para IATF” enfatiza Francisco Caetano da Silva, da loja Fort Norte, de Uruará.

O projeto “Na Estrada” visitou ainda as revendas Aliagro Produtos Agropecuários (Pacajá), Casa Veterinária (Santarém), além da participação no stand da Consulpec Agropecuária na 42ª Feira Agropecuária e Agroindustrial do Baixo Amazonas, em Santarém.

“A segunda edição deste projeto vem para dar continuidade ao trabalho que iniciamos no ano passado, quando percorremos o primeiro trecho da Transamazônica. Foi um grande desafio para a nossa equipe, pois as condições dessa rodovia são bem difíceis, mas a nossa vontade de levar a evolução para a pecuária da região foi maior, além de podermos conhecer as particularidades da região. Nessa semana fechamos parcerias importantes, tivemos contato com um grande número de pecuaristas, técnicos, balconistas e proprietários de revendas e vislumbramos o grande potencial pecuário que tem o Pará”, destaca o coordenador de Território Revenda da Biogénesis Bagó, Ícaro José Rocha, que integrou o projeto junto com Mariana Almeida e Samuel Mendes, também colaboradores da empresa.

Para o gerente regional da Biogénesis Bagó, Rafael Barros, a iniciativa reforça o compromisso da empresa com os profissionais e produtores do setor no estado que possui o terceiro maior rebanho bovino do Brasil. “Estaremos cada vez mais presentes no Pará, levando conhecimento, inovação e tecnologia para os produtores, revendedores e técnicos que vivem o dia a dia do estado”, garante Barros.

Sobre o Na Estrada

Lançado em 2018, o projeto “Na Estrada” envolveu investimento de mais de R$ 4 milhões em veículos, equipamentos, customização, contratação de equipe e capacitação dos profissionais. A iniciativa reúne uma frota totalmente customizada de Fiorinos, Orochs e Amaroks 4×4 com uma equipe de profissionais médicos-veterinários e zootecnistas especializados.

Até o momento já foram percorridos mais de 6 Milhões de quilômetros com o projeto, promovidos mais de 44 mil visitas a campo, 6 mil atividades (treinamentos, workshops, dias de campo e capacitações) e pelo menos 6 mil balconistas de revendas foram treinados por meio do “Na Estrada”.

Sobre a Biogénesis Bagó

A Biogénesis Bagó é uma empresa líder nos principais mercados da América Latina, com projeção global, e comprometida com o desenvolvimento de soluções para a saúde e sustentabilidade da produção pecuária por meio da biotecnologia. Em 2014, 2016 e 2018 foi nomeada pela revista inglesa Animal Pharm como a melhor empresa de saúde animal da América Latina.

A empresa desenvolve e comercializa produtos veterinários criados para garantir a saúde e melhorar a produtividade dos rebanhos bovinos de carne e leite. Conta com um portfólio de mais de 70 produtos e 650 registros em distintos países.

Categorias:MAIS NOTÍCIAS

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

Navegação Rodapé