Categoria:NOTÍCIAS

Voltar delete Spam Mais Anterior Próximo Mensagem 1 de 17 Material para o Site Responder para o remetente Seg. 18:29 A Você Para: Você COPA BORGES VEÍCULOS Estadual de tênis começa nesta terça-feira em Cuiabá A 5ª edição da Copa Borges Veículos Open de Tênis começará nesta terça-feira (25), válida pela 6ª etapa do Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso, e findará com as finais no domingo (30), no Cuiabá Tênis Clube, em Cuiabá-MT. E três meninas disputam a liderança do ranking mato-grossense na segunda Classe Feminina: Lara Bela Santos, Anna Laura França e Carolina de Campos. “A Lara Bela tem treinado para aperfeiçoar as transições de fundo para dentro da quadra junto com variações de jogadas. Temos dado ênfase à movimentação e ao jogo de pernas. A Copa Borges é importante e servirá para avaliarmos o desempenho dela. Temos a expectativa de bons resultados devido as muitas horas de trabalho tático”, disse o professor de tênis, Livas Tarcilio Damazio. Lara Bela Santos, de 14 anos, disputou quatro dos cinco torneios já realizados do Circuito Estadual de Tênis de 2019, foi campeã num deles e vice-campeã em outros dois. Ela lidera o ranking estadual com 500 pontos, seguido por Anna Laura França, de 12 anos, com 350 pontos e participação em três torneios e por Carolina de Campos, de 12 anos, com 180 pontos e participação em um torneio. “Intensifiquei os treinamentos diários e tenho me fortalecido mentalmente. Me sinto confiante devido a regularidade de treinos e por causa disso espero ter um bom resultado no torneio. E, atualmente, estou dedicada ao aperfeiçoamento do saque e das bolas de ataque”, comentou a tenista da 2ª Classe Feminina, Anna Laura França, de 12 anos de idade. A Copa Borges é considerada um dos maiores torneios de MT por dois motivos: detém os recordes de quantidade de inscrições de tenistas em torneios estaduais (313 inscrições em 2017 e 393 inscrições em 2018) e detém a terceira e quarta posição em maior premiação em dinheiro (R$ 9.000,00 em 2018 e R$ 14.000,00 em 2019). E, além disso, sempre reúne bom público para prestigiar as partidas. “O Circuito Estadual está no auge. Tem mais torneios que anos anteriores, maior participação de tenistas, mais público, mais cidades-sede e etapas com maior premiação. E teremos outros dois grandes torneios já no próximo mês, o Bruna Paes Open, de 11 a 14 de julho, no Caiçara Tênis Clube, em Rondonópolis, e a Casa Prado Open, de 23 a 28 de julho, no Cuiabá Tênis Clube”, menciona o presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Rivaldo Barbosa. O Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso conta com dezesseis torneios em 2019, um aumento de 60% na comparação de 2019 com 2015 (ano marco), sendo seis deles promovidos no primeiro semestre deste ano e outros dez no segundo semestre. E circula por sete cidades do estado: Cuiabá, Sinop, Sorriso, Rondonópolis, Alto Araguaia, Primavera do Leste e Lucas do Rio Verde. Serviço – O Cuiabá Tênis Clube está localizado na rua Trinidade e Tobago, n° 375, no bairro Coxipó da Ponte, entrada pela Avenida Carmindo de Campos, em Cuiabá. E mais informações podem ser obtidas pelo telefone (65)99925-5536 e ou pelo site www.tenisintegrado.com.br da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT). Tem fotos no e-mail .x.x.x.x.x.x.x.x.x. GREVE NA EDUCAÇÃO Governo do Estado e educadores devem se reunir nesta terça-feira Após 30 dias de paralisação, uma reunião entre representantes do governo de Mato Grosso e do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) está prevista para acontecer nesta terça-feira (25). A expectativa é de que o encontro possa colocar um fim na greve geral dos educadores que começou no dia 27 de maio passado. A reunião foi confirmada pela assessoria, mas até o fim da manhã, o horário e local não estavam confirmados. A expectativa dos professores é de que o governador Mauro Mendes apresente uma contraproposta às reivindicações. Ontem à tarde, a categoria realizou nova assembleia geral, na Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá. Para a categoria são consideradas pautas fundamentais o cumprimento da Lei 510/2013, uma conquista que avança no poder de compra do salário categoria e mantém a política da escola pública e gratuita no estado. E ainda, a revogação do corte de ponto, que determina a reposição das aulas. Como decisão encaminhada pela reunião ampliada da categoria, no período da manhã desta segunda-feira, os profissionais levam para a Assembleia o fortalecimento da greve e a continuidade do movimento paredista enquanto não houver proposta. “A greve é um instrumento de luta por direitos, e vamos nos utilizar dele até que o governador Mauro Mendes respeite as leis de interesse da população do estado”, conclui Pereira. Na semana passada, a desembargadora Maria Erotides Kneip, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), determinou que haja uma audiência de conciliação entre servidores e o governo do Estado. A determinação consta na decisão, de quarta-feira (19), que negou o pedido feito pelo Sintep para proibir o governo de continuar cortando o ponto dos profissionais que estão em greve. A reunião deve ser mediada pelo Núcleo de Mediação e Conciliação do Tribunal e contará com a presença do Ministério Público (MPE). “Encaminhem-se os autos ao Núcleo de Mediação e Conciliação deste Tribunal, com urgência, para fins de buscar a solução do conflito da forma mais eficiente e célere, qual seja, pela conciliação. Intime-se, o Ministério Público de segundo grau para participar dos atos da mediação e, inexistindo acordo, no prazo legal, para emissão de parecer sobre a situação jurídica”, determinou a magistrada. Ontem, o governador Mauro Mendes classificou como “natural” o pedido da desembargadora Maria Erotides Kneip, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, para que haja uma audiência de conciliação entre servidores da Educação e o Governo. Segundo Mendes, o Executivo irá atender a determinação, mas não deve apresentar uma proposta de pagamento das exigências. “Tranquilo, natural [a decisão da desembargadora]. Como sempre dialogamos, vamos continuar dialogando, independente do fórum que for. Agora, os argumentos para que não pudéssemos dar esses aumentos ainda estão presentes”, disse. “Temos a Lei de Responsabilidade Fiscal e temos uma dura realidade financeira. Então, nós estamos, em qualquer diálogo que formos convidados, dispostos a conversar. Mas entendemos que poderemos fazer qualquer tipo de alteração na nossa conduta quando o Estado recuperar o limite de 49% em gasto com pessoal”, acrescentou. De acordo com ele, o principal temor seria prometer o reajuste e não conseguir pagar no futuro. Além disso, o democrata não quer deixar dívida para os próximos gestores. “Isso foi dito sempre [estouro da LRF] e nada mudou de lá para cá. E nós não mentimos. Falamos absolutamente a verdade, a realidade”, disse o governador. .x.x.x.x.x.x.x.x. ELEIÇÃO 2020 Prefeito Emanuel Pinheiro diz ter maior arco de aliança Ontem, durante entrega da Balsa Ecológica, que fará o trabalho de recolhimento de lixo no Rio Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) negou ter intensificado a agenda de entrega de obras ou lançamento de projetos visando às eleições de 2020, em que pode ser candidato à reeleição. Pinheiro reafirmou ainda não ter decidido sobre seu futuro político. “O ritmo é o mesmo. É só pegar a minha programação de lançamentos e entregas. Não reduzi nada, nem um pouco, desde que assumi. Talvez, agora, tenha concentrado um pouco mais porque as obras foram concluindo, outras obras foram sendo feitas. Estamos seguindo um cronograma rigoroso, que é a minha gestão”, disse. “O cronograma é intenso e continuará sendo intenso até o último dia de meu mandato. Independente de ser candidato à reeleição ou não. Até dezembro de 2020, vocês não vão ter tempo de falar de tudo àquilo que a gestão Emanuel estará entregando para Cuiabá”, acrescentou. Apesar de dizer não saber sobre a reeleição, Emanuel disse ter hoje o maior arco de aliança visando o próximo pleito. Ele, inclusive, revelou ter um encontro com o presidente do PSB, deputado estadual Max Russi, visando um eventual apoio. “Fico feliz que tem vários nomes se colocando à disposição para trabalhar uma candidatura de vice-prefeito numa eventual candidatura minha à Prefeitura de Cuiabá. Isso mostra que estamos no caminho certo. Mas o que mais estou focado é na gestão, em cumprir os compromissos com a população cuiabana”, disse. “Esta semana ainda deveremos ter uma reunião com o deputado Max Russi. Mas vamos conversar e ver a melhor composição desse arco que já se dispõe. Até agora, o maior arco de aliança que, espontaneamente, se dispõe a fechar um grande apoio ao projeto se o candidato for Emanuel PiMEIO AMBIENTE – ALMT reúne autoridades para debater Lei Geral de Licenciamento Ambiental

Em tramitação no Congresso Nacional há mais de uma década, a Nova Lei Geral do Licenciamento Ambiental – PL 3729/2004 foi debatida na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, nesta segunda-feira...

Navegação Rodapé